Adição de Categoria

Gostou? compartilhe!

A adição de categoria é válida aos motoristas que, embora sejam habilitados na categoria A, desejam conduzir os automóveis da categoria B. Além disso, a adição de categoria também se apresenta como uma prática automotiva que pode ser destinada aos motoristas habilitados nas categorias B, C ou E que desejam conduzir motocicletas (categoria A).Dito isso, vale lembrar que, após a conclusão da adição de categoria, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) exibirá os dois “tipos” do veículo os quais o motorista poderá vir a dirigir. Interessante, não?Também por esta razão, pode-se afirmar que são substancialmente cinco (A, B, C, D e E) as categorias veiculares que melhor podem se submeter ao processo de adição. Conheça-as:

  • Categoria A: veículos de duas ou três rodas com ou sem carro lateral;
  • Categoria B: veículos de passeio com peso brutal total de até 3.500 kg e lotação de até oito lugares;
  • Categoria C: veículo utilizado em transporte de carga, com peso bruto total acima de 3.500 kg;
  • Categoria D: veículo utilizado no transporte de passageiros com lotação acima de oito lugares;
  • Categoria E: veículos que se enquadram nas categorias B, C ou D, tracionando unidade acoplada e chegando a pesar seis kg ou mais, além de contar com uma lotação acima de oito lugares.

Você sabia que a CNH pode ter validade de até cinco anos?

Saiba mais sobre adição de categoria

Saber que a Carteira Nacional de Habilitação pode ter uma validade de até cinco anos representa uma ação imprescindível a todos os motoristas que almejam promover uma adição de categoria.Especialista em adição de categoria, a Autoescola Performance está à sua disposição. Entre em contato com o estabelecimento e conheça mais a seu – e a este - respeito!